União SRD
União SRD
FAQ
Aqui você encontra perguntas e respostas indicando tudo o que é necessário saber sobre um animal carente e sua adoção. Leia!!!


Perguntas e Respostas

Onde ficam os animais quando estão para adoção?
Nossos animais ficam em sua maioria em Canis pagos. Isso nos custa por mês R$200,00 de hospedagem + a ração por cada animal + despesas com Taxi Dog para trazê-los semanalmente nas Feiras de Adoção e também todo e qualquer medicamento e consulta que venham necessitar. Em geral toda manutenção desse animal até que ele seja adotado.

O que é a União SRD?
Somos um grupo de Protetoras Independentes, não possuímos abrigo ou canil.

Tentamos na medida do possível ajudar os animais carentes e vítimas de maus tratos que só tem a nós para poderem um dia serem felizes com é de direito.

Um Canil ou Abrigo é a solução?
Os cães nas ruas estão sujeitos à fome, ao frio, aos atropelamentos, maus tratos e ao descaso. Mas um cão de abrigo também tem suas carências, já que a atenção tem que ser dividida entre muitos animais. Um abrigo também não possui instalações adequadas, fazendo às vezes com que seja foco de pulgas e carrapatos, e dificultando no tratamento de doenças como a sarna, a bicheira e outras. Alguns cães, por terem um temperamento difícil ou por possuírem deficiências, ficam confinados em baias pequenas, saindo para passear apenas quando são realizados os mutirões, uma vez por mês. Um abrigo não é a solução para animais abandonados, é apenas uma alternativa menos pior do que o total abandono. Abrigos não são locais bons para os animais. Animais são seres muito amorosos, necessitam de alguém para amar e que lhes dedique atenção. A grande maioria dos abrigos são locais terríveis para os animais, ainda que nascidos da boa intenção e compaixão das pessoas os recolhem. Mas, por conta dos primeiros recolhimentos, outras pessoas se sentem com o direito de abandonar animais nestes abrigos e isto se repete sucessivamente, criando uma situação de superpopulação que inviabiliza qualquer trabalho. Diariamente, são enviados às listas da internet apelos desesperados por dinheiro, alimentos e remédios. O comum é que animais fiquem permanentemente confinados, sem poderem se movimentar adequadamente e sem o afeto de ninguém. Muitas vezes, por falta de recursos, não recebem a alimentação e os cuidados veterinários essenciais.

Por que adotar um animal carente?
Um cão ou de rua encaminhado à adoção é um animal que já sofreu muito, viveu até então em condições precárias, passou frio, foi ferido ou maltratado e tem direito a uma vida melhor, cheia de amor e carinho - motivo pelo qual é encaminhado à adoção.

O que preciso saber ao adotar um animal?
Ele viverá ao seu lado em média 10 a 15 anos, será como um filho, uma criança que nunca vai crescer. E como uma criança também precisa de vacinas, alimentação, cuidados médicos e muito, mas muito AMOR. A príncipio um animal precisa de algumas doses de vacinas (que previnem inúmeras doenças), precisa ser vermifugado e castrado.

Por que castrar?
Uma cadela de rua de porte médio, não castrada, pode gerar 16 filhotes em 1 ano, sendo 8 a cada cio, de 6 em 6 meses. Cada filhote pode gerar em 1 ano de vida, mais 16 filhotes. Em 2 anos, são 256 animais abandonados. Um problema que surge de apenas UM cão. Faça as contas de quantos filhotes podem surgir ao longo de 10 anos, que é o que dura a vida fértil de um cão. Ao castrar um animal, você o protege de doenças futuras (como o câncer e a piometra nas fêmeas), de fugas durante o cio (e suas conseqüências, como atropelamentos e contato com cães doentes), diminui a necessidade de marcar território nos machos (o hábito de fazer xixi nas paredes), elimina o sangramento do cio (nas cadelas) e protege também os seus familiares de alguma doença que o cão tenha adquirido nas ruas. Além, é claro, de proteger a sociedade de MAIS animais abandonados nas ruas. A castração é totalmente segura, sem danos e riscos ao animal, realizada sob efeito de anestesia e com poucos pontos no corte.

Quero adotar, como faço?
Ser maior de 21 anos; Que todos na sua residência estejam de acordo com a adoção; Apresentar documentos (RG, CPF e Comprovante de Residência); Assinar um Termo de Responsabilidade comprometendo-se a dar uma casa adequada, água, comida, auxílio veterinário, banho e passeios esporadicamente ao animal que escolheu.

Adotar um animal filhote ou adulto?
Um filhote trará toda alegria das brincadeiras, do "descobrir" o mundo, vai chorar porque sente falta da mãe, vai fazer suas necessedidades em local errado porque ainda é um bebê e não sabe o que é certou ou errado, vai requerer muita paciência e disponibilidade, porém com grandes alegrias em troca. Um animal adulto, já vem com alguns costumes adquiridos, já sabe o que é certo e errado, já se alimenta sozinho e faz suas necessidades. Por ser adulto pelo próprio abandono será mais carinhoso porque naturalemte é carente. Independente de qual seja a sua escolha, tenha certeza que você terá um companheiro para toda a vida. Terá trabalho, mas será recompensado por isso!

Onde há um abrigo para eu levar meu animal?
Se o animal que você pretende encaminhar é o que mora com você, saiba que a mudança de local, bem como a perda de contato com as pessoas com as quais está acostumado e se afeiçoou causa grande sofrimento a ele, podendo causar-lhe auto-mutilação ou até a morte por depressão. Se o motivo for comportamento, e o animal já for castrado (o que pode ajudar, deixando o animal mais calmo) indicamos mais dois métodos para evitar a separação. Primeiramente, consulte uma especialista em florais, altamente indicados em questões comportamentais dos animais. Outra alternativa é buscar a ajuda de um educador comportamental. Estes encaminhamentos certamente serão melhores não só para o animal, como para sua consciência e para seu coração.




Todos os direitos reservados - União SRD